O que é SQL Server e como funciona no Linux?

Se você está aqui, é porque gosta de pesquisar sobre tecnologia. Quer você seja um entusiasta do Linux, quer esteja interessado em dar seus primeiros passos no mundo dos bancos de dados, há uma infinidade de programas que pode estudar sobre. No entanto, falaremos hoje sobre o SQL Server, primeiro desenvolvido pela Sybase em parceria com a Microsoft, em 1988, e hoje é referência quando se fala em banco de dados Microsoft. Mas você sabia que ele funciona no Linux? Confira neste artigo o que é SQL Server e como é o seu funcionamento no Linux!

O que é SQL Server?

Inicialmente, o SQL Server era apenas um Sistema de Gerenciamento de Banco de Dados (SGBD). Porém, atualizações foram realizadas e, atualmente, o programa tem muitas aplicações. Mesmo tendo muitos concorrentes, ele é um dos mais usados no mundo. Sua principal função é a de armazenamento e recuperação de dados demandados por outras aplicações de software. Isso vale para o funcionamento no mesmo computador ou sendo executado em outro e conectado através de uma rede.

Como funciona o SQL Server no Linux e quais suas vantagens?

Além de funcionar no Windows, é possível utilizar o SQL Server no Linux. Isso é possível na versão de 2019. Em relação às plataformas, ele é compatível com Red Hat Enterprise Server, SUSE Linux Enterprise Server e Ubuntu. Além disso, é válido em um contêiner com o Docker. Quando comparado ao que está presente no Windows, pode-se verificar que é o mesmo Mecanismo de Banco de Dados principal no Linux. Porém, ainda não existe suporte para alguns recursos dessa modalidade. Apesar disso, há muitas vantagens no uso do SQL Server no Linux. Confira abaixo quais são!

  • Segurança: seus dados são protegidos com criptografia, tanto quando em movimento como em repouso;
  • Atuação: é possível realizar consultas de forma mais ágil e com verificações simultâneas, além de processamento de transações;
  • Flexibilidade: você pode utilizar linguagens mais pessoais e familiares conforme as opções da empresa;
  • Simplicidade: a migração é realizada sem a complicação de personalização avançada.

Além disso, quem usa o SQL Server 2019 no Linux em código aberto pode receber os seguintes benefícios:

  • Suporte para o MSDTC: A versão SQL Server 2019 no Linux tem o suporte do MSDTC (Coordenador de Transações Distribuídas da Microsoft);
  • Visualização em todas as plataformas: Em todas as plataformas em que o SQL Server 2019 está disponível, é possível visualizar o mesmo mecanismo de banco de dados. Assim, é possível ter muitos recursos no Linux também;
  • Suporte ao OpenLDAP para provedores de AD de terceiros: O suporte ao OpenLDAP possibilita que provedores de terceiros incorporem no Active Directory;
  • Aprendizado de Máquina: Também estão disponíveis no Linux os Serviços de Aprendizado de Máquina do SQL Server 2019 (In-Database).

Informações tecnológicas de qualidade

Seja no caso do SQL Server ou de qualquer outro programa, a tecnologia se transformava com certa velocidade. Por isso, é importante manter-se informado e atualizado. Para isso, basta continuar acessando o blog da HostSeriesempresa de hospedagem de sites, que sempre é abastecido com artigos relevantes que irão te interessar. Criada em 2013, a HostSeries atua no mercado de soluções de internet. Além do serviço de hospedagem de sites, a empresa oferece o registro de domíniohospedagem WordPress, entre muitos outros que irão te beneficiar.